Misteriosas invenções antigas que a ciência não consegue explicar

Misteriosas invenções antigas que a ciência não consegue explicar

As descobertas arqueológicas algum tempo, e até mais recentes  tem deixado o mundo sem respostas a muitos mistérios.Os cientistas de hoje ainda estão confusos com muitos achados que contradiz a história do mundo contada até então.
Tem tecnologias avançadas que o homem criou a muito séculos que deixa a ciência intrigada, é tanto avanço para aquela época, que assusta em saber que é também tão avançado até mesmo para o século XXI.

O misterioso aço de Damasco

Nas Cruzadas, muitos europeus perplexos começaram a falar sobre espadas empunhadas por guerreiros islâmicos "que podiam cortar um lenço flutuante, dobrar 90 graus e flexionar de volta sem nenhum dano". Avançando para o século 21 e a receita para o chamado aço de Damasco ainda é um mistério.
 As lâminas eram provavelmente feitas de "aço cadinho", que é criado pela fusão do ferro com a matéria vegetal, mas ninguém sabe o tipo específico de aço cadinho usado para produzir tal lâmina. Pode muito bem ser um sabre de luz.

As misteriosas espadas Vikings Ulfberht 

Os vikings podem ter usado técnicas ou materiais emprestados dos criadores de aço de Damasco para fazer suas lendárias espadas "Ulfberht" . Quando os arqueólogos descobriram as lâminas Viking, ficaram chocados porque "a tecnologia necessária para produzir esse metal puro não seria inventada por outros 800 anos". 
Mas em 2014, uma sepultura viking do século IX foi descoberta na Escandinávia com uma inscrição islâmica que significa “para / para Alá”, ligando os dois mundos e tornando o conhecimento compartilhado plausível - mas isso é apenas um palpite. A verdadeira origem das lâminas ainda é desconhecida.

O indecifrável Manuscrito Voynich
Se você não ouviu falar do Manuscrito Voynich , você pode ficar surpreso. Os pesquisadores dizem que o manuscrito absolutamente desbotado, com textos em uma linguagem indecifrável e centenas de ilustrações, incluindo "uma infinidade de desenhos de nus femininos em miniatura, a maioria com o abdômen inchado, imerso ou fluindo em fluidos e estranhamente interligados a tubos e cápsulas ", foi criado por alguém durante o século 15 na Europa Central. 
Um livreiro antiquário polonês-americano chamado Wilfrid M. Voynich adquiriu em 1912. Fora isso, quem sabe? É um mistério total...
Se significa alguma coisa ou ajuda alguma pessoa a entender qualquer coisa, Não sabemos, dito isto, é um dos poucos mistérios genuínos por aí. 

O misterioso Mecanismo Antikythera 
  Descoberto no fundo do mar em 1901, o dispositivo intrigante provavelmente foi construído em torno do final do segundo século aC. O dispositivo "calculou e exibiu informações celestes, particularmente ciclos como as fases da lua e um calendário luni-solar", segundo pesquisa compilada na Nature .
Mas ainda não sabemos quem construiu, quem usou e para que o usaram exatamente. Ainda não está claro por que é "tecnicamente mais complexo do que qualquer dispositivo conhecido por pelo menos um milênio depois", citando o resumo da Nature , que estimulou uma hipótese de "alienígenas antigos" e "A viagem no tempo é real !!!" foi publicado em 2006.
Mas a história, como observa Brian Dunning, da Skeptoid , nos diz que a tecnologia baseada em engrenagens similar era de dois milênios e meio antes, como a maioria dos objetos comuns de bronze do período, foram provavelmente "reciclado" em outros objetos. Ainda é misterioso.

O Seismoscope de Zhang Heng o misterioso detector de terremotos 
A primeira ferramenta de detecção de terremotos da história foi essa embarcação ornamentada, dourada, ornada de dragão e cercada de sapos, por volta de 132 dC. 
A imagem é uma réplica, quando a terra tremia, um dos dragões, cada um representando as principais direções da bússola, cuspia uma bola na boca de um sapo, indicando a direção do terremoto.
Dizia-se que o instrumento "detectou um terremoto distante de mais de oitocentos quilômetros que não foi sentido no local do sismoscópio". Ou isso, ou alguém se chocou contra isso, porque até hoje, ninguém realmente sabe o que estava realmente dentro da coisa. Alguns dizem que poderia ter sido um sistema baseado em pêndulos, mas a "ciência" exata permanece um mistério.

 O misterioso pilar de ferro de Delhi 
O " Pilar de Ferro de Déli ", com mais de 1600 anos de idade, tem cientistas divididos sobre sua estranha resistência à ferrugem. Existem duas escolas de pensamento: Team Environment diz que o clima ameno de Delhi, Índia, é para agradecer. Lugar certo, hora certa, essencialmente. A equipe de materiais diz que é tudo sobre a "presença de fósforo e ausência de enxofre [e] manganês no ferro", mais a "grande massa do pilar". Uma coisa que ambos os campos concordam? É um mistério total como os pedaços de ferro resistentes à ferrugem eram "forjados para produzir a enorme estrutura de seis toneladas". Independente disso, é uma peça impressionante de engenharia.

O Disco de Phaistos
Descoberto em 1908 em Creta, este disco de argila de 6 polegadas de diâmetro remonta a cerca de 1700 aC e possui 241 "palavras" criadas a partir de 45 símbolos individuais, dispostos em espiral, é um disco realmente misterioso que levanta varias teorias a seu respeito.

Continua....

Fonte:ranker


EmoticonEmoticon

Postagem em destaque

Um olhar para os piores lugares do mundo para viver 2019.

Um olhar para os piores lugares do mundo para viver 2019. A bela cidade de Paris, cidade da luz está em 78 das 82 cidades do rank...