humanidade
 Anuncie

Um olhar para o místico.

  Um olhar para o místico.

O mundo místico é algo fascinante, para quem de algum modo foi arrastado para esse universo inexplicável de muitos mistérios de procura de algo que esteve sempre em sua mente em sua subconsciência que aflora de modo ‘upgrade’. Enganasse quem pensa que aprendeu tudo. É uma busca constante, um grão de areia no seu deserto de ignorância.

Misticismo

Por muito tempo, desde que nos conhecemos por seres racionais, temos tido crenças por algo. Talvez seja o motivo do surgimento de religiões e conceitos de como viver algo extraordinário e místico que não se pode de modo algum ter evitado, totalmente incompreensível.

Em muitas crenças o místico é um iniciado no conceito do começo do aprender, como toda contemplação pode vir com práticas que levam a uma experiência mística. Misticismo veem de uma termo grego, iniciados no mistério, o começo de um conhecimento impar, entendimento e sabedoria, ou seja, sem igual.
Rei Salomão
É impossível começar a falar do lado místico, sem de algum modo não citar o Rei Salomão, um dos maiores místicos reconhecidos pela história do mundo e da bíblia, foi rei Salomão, nasceu em 990 a.c. e reinou por 40 anos entre 970 a.c. — a.c. 931.
É reconhecido como grande rei de sabedoria e fortuna pelas religiões cristã, judaica e islâmica (O rei Salomão aparece no Alcorão com o nome de Sulayman ou Suleiman. No Islão, é considerado como um profeta e um grande legislador da parte de Alá).
Rei Salomão e Rainha de Sabá.
Ele foi filho do Rei Davi, segundo rei de Israel. Salomão se dedicou com grande fé a servir Deus, mas praticou cultos religiosos, místicos e esotéricos bem diferentes daqueles da religião hebraica. Existe provas nas sagradas escrituras, onde podemos ler:
Salomão (...)seguia os preceitos de seu pai David.
Entretanto, oferecia sacrifícios e incensos nos lugares altos.
I Reis 3,3

Salomão seguiu Astarte, deusa dos Sidónios, e Melcom, ídolo dos amonitas (…) construiu um santuário a camos, ídolo dos moabitas (..)e um santuário a Melcom (…) Fez o mesmo para agradar ás suas mulheres estrangeiras, que queimavam incenso e ofereciam sacrifícios aos seus deuses.
I Reis 11,4-8
Salomão se relacionou com o Deus hebreu, mas também com outras divindades. Muitos acham que Salomão conseguiu dominar todas obras místicas com sucesso devido a uma passagem nos textos sagrados nos livro de reis.
 Diz que Deus apareceu em sonhos a Salomão, e perguntou-lhe: «O que queres que te dê?» Salomão fez uma sábia escolha: não escolheu riquezas, nem fama, nem ouro, mas antes… Sabedoria. E assim foi:
Deus concedeu a Salomão sabedoria
I Reis 5,9
Salomão recebeu não só a sabedoria de ser um político bem-sucedido, mas também a sabedoria que poucos conhecem: o conhecimento mística.
Ao ser dotado de grande sabedoria o seu conhecimento se expandiu de uma forma incomum, ele começou a usar certos símbolos e objetos, não se sabe se foi por inspiração divina ou algo novo em sua mente, bem místico.
Selo de Salomão.
Muitos outros selos e objetos foram utilizados por Salomão, para subjugar espíritos malignos e demônios de alta hierarquia do mal.
Muitos acreditam que sua riqueza e prosperidade tenha vindo deste domínio sobre estas forças sobrenaturais, até a famosa e mitológica minas do rei Salomão foi creditada ao seu vasto conhecimento místico, até hoje é um mistério de onde veio tal fortuna e abundância.
Símbolos e objetos usados por Salomão.
Continua...

Fonte: Banco criar e olhar tube.

Série Olhar e Humanidade tube-Futuro dez mil anos da humanidade.

 Série Olhar e Humanidade tube-Futuro dez mil anos da humanidade.

Série Futuro dez mil anos da humanidade.
A maioria dos humanos se sente à vontade em termos de décadas ou séculos, enquanto os horizontes além disso se torna vago e abstrato. Mas a Long Now Foundation, sediada em São Francisco , encoraja as pessoas a pensar em mais tempo agora. Denominando suas datas como “02017”, o projeto nos leva a considerar os próximos 10.000 anos, em vez dos próximos 100.
Nesse espírito, aqui estão lugares que não aderem aos nossos confins mortais do tempo. Eles incluem estruturas antigas que existem há milhares de anos, relógios que funcionam há milênios e árvores que testemunharam a maior parte da história da humanidade. Para eles, toda a sua vida é apenas um pontinho em uma linha do tempo muito, muito longa...
Isso tudo distorce nossa perspectiva de tempo
O relógio de 10.000 anos
Relógio do Long Now: Prototype 1
Um relógio projetado para funcionar com precisão perfeita por 10.000 anos.
Planejado como um trabalho de arte e engenharia de escala heroica dentro de uma montanha de Nevada USA, o relógio de 10.000 anos destina-se a incorporar e inspirar o pensamento de longo prazo. 
O primeiro protótipo funcional deste relógio de 10.000 anos foi concluído em 1999 e está atualmente emprestado ao Museu de Ciência de Londres, e pode ser visto como a peça final da exposição “Making of the Modern World”. O protótipo começou a funcionar em 31 de dezembro de 1999, após quase três anos de pesquisas e projetos.
Cripta da Civilização
A primeira cápsula do mundo está atrás de uma porta de aço soldada em Atlanta.
A Cripta da Civilização na Universidade Oglethorpe, em Atlanta, Geórgia USA, é considerada a primeira cápsula do tempo convencional que deve ser inaugurada em uma data específica no futuro. Essa data é 28 de maio de 8113.
 O calendário egípcio, criado no ano 4241 a.C, marcou a primeira data fixa na história do homem, então o ano de 1936, quando a cripta foi concebida, representaria o ponto médio exato da história humana registrada, se você aceitar.
long player
Uma composição musical com 1.000 anos de duração no Trinity Buoy Wharf em Londres.
Concebido por Jem Finer de Londres, banda punk irlandesa The Pogues, Longplayer é uma composição musical de 1.000 anos de duração.
 Sua primeira apresentação começou à meia-noite de 31 de dezembro de 01999 e terminará no final de 02999. 
Foi composta para Taças Tibetanas e é construída em torno da aplicação de regras simples e precisas a seis peças de música relacionadas, cada uma com uma transposição harmônica de um original 20 min. 20 seg.  a composição (a 'música de origem'). Seis seções de 2 minutos dessas transposições, uma de cada uma, estão tocando simultaneamente em todos os momentos. 
O Longplayer escolhe essas seis seções de tal forma que nenhuma combinação é repetida até que exatamente 1.000 anos tenham se passado.
Banco de sementes de Svalbard
A fim de preservar a diversidade genética das principais culturas de alimento do planeta, as instituições internacionais estabeleceram uma série de bancos de genes verdes, que armazenam amostras de material genético de várias espécies de planta do mundo.
O Svalbard Seed Bank é uma espécie de rede de segurança, uma reserva de último recurso, e as funções de cofre genético. Ele armazena amostras duplicadas de bancos de germoplasma de todo o mundo, e enquanto o banco de sementes de Svalbard possui o prédio, o depositante individual possui o conteúdo de sua caixa e o acesso a espécimes individuais é regulado por seus respectivos depositantes.
A instalação atualmente tem capacidade para conservar 4,5 milhões de amostras de sementes. Com aproximadamente 1,5 milhões de amostras de sementes distintas de culturas agrícolas que se pensa existir, o Banco de Sementes de Svalbard pode armazenar aproximadamente três de cada amostra. Sob as condições atuais de temperatura na caixa forte (temperaturas semelhantes às de um freezer de cozinha), as amostras de sementes podem permanecer viáveis ​​para iniciar novas lavouras para qualquer período entre 2.000 e 20.000 anos.
O banco de sementes está localizado em uma antiga mina de cobre na remota ilha setentrional de Spitsbergen, na Noruega. O armazenamento principal é de 120m dentro de uma montanha de arenito, em uma ilha tectonicamente morta. O banco emprega vários sistemas robustos de segurança e preservação. As sementes são embaladas em pacotes especiais de quatro camadas e seladas a quente para excluir a umidade. Uma mina de carvão local  fornecem a eletricidade para o controle de refrigeração. A localização remota do norte também serve como um frigorífico natural. No caso de falta de energia total, pelo menos várias semanas irão decorrer antes que a temperatura suba para os 3 ° C do leito de arenito circundante.
O Svalbard Global Seed Vault abriu para depósitos oficialmente em 26 de fevereiro de 2008 com a construção do cofre financiado inteiramente pelo governo norueguês. O custo operacional é atualmente compartilhado pela Noruega e pelo Global Crop Diversity Trust.
Orrery Long Now
Um moderno sistema planetário mecânico, parte de um relógio de 10.000 anos.
Dentro dos escritórios da Long Now Foundation, em São Francisco, existe um pequeno museu dedicado à arte do pensamento de longo prazo. Cercado por diagramas, moldes e engenhocas mecânicas variadas é a peça central é o orrery.
Projetado como parte de um ambicioso projeto de 10.000 anos Clock of the Long Now (um modelo que está no Science Museum em Londres), o orrery é uma encarnação moderna dos modelos planetários que ganharam popularidade durante o Renascimento e o Iluminismo.
Este orrery foi projetado por Danny Hills e Alexander Rose da Long Now Foundation, e instalado em 2005. Feito de uma liga de prata-níquel brilhante chamada monel, a máquina de oito pés de altura mostra as posições dos planetas Mercury através de Saturno, que são todos os planetas visíveis ao olho humano na Terra. Ele é projetado para se mover duas vezes por dia, enviando com precisão a Terra ao redor do Sol, um orbe feito de calcita mexicana amarela, a cada 365 dias, enquanto Saturno levará 29,7 anos.
Também em exibição no museu estão um protótipo inicial do sistema chinês para o relógio, e dezenas de modelos menores, protótipos e uma seleção de livros sobre assuntos relacionados.
Relógio Mundial de Jens Olsen
O Relógio Mundial de Jens Olsen é um espetáculo para ser visto, fica em uma torre na Prefeitura de Copenhague na Dinamarca.
 Esta obra-prima de relojoaria dourada é voltada para calcular tempos e datas globais e posições planetárias com notável precisão. Contanto continua ser aferido uma vez por semana, ele continuará a exibir essa informação pelos próximos 2.500 anos.
Um dos relógios mecânicos mais precisos do mundo, o Relógio Mundial de Jens Olsen exibe não apenas a hora local, mas também a hora solar, a hora exata em locais ao redor do globo, as posições relativas das estrelas e planetas, amanheceres e entardeceres, Calendário gregoriano, as datas futuras de mudança de feriados e muito mais. 
As rodas foram colocadas em movimento em 1897, o então serralheiro Jens Olsen tinha 25 anos quando visitou Estrasburgo e viu o relógio astronômico em exibição na Catedral de Notre-Dame. 
Jens Olsen ficou fascinado pela criação e foi inspirado a aprender a arte da relojoaria, estabelecendo-se como um mestre artesão. Ele também começou a calcular e planejar sua magnum opus, um relógio astronômico completo e abrangente. 
Ele começou o grande projeto em 1943, com a ajuda de uma equipe reunida durante sua carreira. O trabalho nas diferentes seções estava em andamento quando Olsen adoeceu e faleceu em 1945. O projeto foi completado por um jovem relojoeiro chamado Otto Mortensen, que trabalhou em conjunto com Gunnar Biilmann Petersen, o arquiteto contratado para projetar o exterior do relógio. 
Após mais de uma década de cálculos e calibração cuidadosa, a obra-prima, com 15.448 peças de trabalho, foi finalmente concluída. Foi iniciado exatamente às 3 da tarde de 15 de dezembro de 1955, pelo rei Frederik IX e pelo neto mais novo de Olsen, Birgit. Hoje, ele fica em seu próprio quarto, onde os amantes do relógio podem se maravilhar com suas engrenagens reluzentes, a mais lenta das quais está se transformando no ritmo glacial de uma revolução a cada 25.753 anos.


Fonte: Banco Criar, Humanidade tube, Olhar tube.

Fotos que marcaram o mundo para sempre 2

 Fotos que marcaram o mundo para sempre 2

Fotos de momentos únicos que foram registradas para sempre no mundo, todas elas, são as imagens gravadas na memória da humanidade.

Os membros da tripulação da Apollo 11 fotografando o primeiro contato físico da humanidade com a lua, em julho de 1969.

Thomas Edison posa com seu primeiro carro elétrico, 1895.

Nikola Tesla em seu laboratório, 1899.

Os Nove Soberanos em Windsor para o funeral do Rei Edward VII, fotografado em 20 de maio de 1910.

A última foto do Titanic antes de afundar, 1912.

Thomas Edison e um carro elétrico em 1913.

William Harley e Arthur Davidson, 1914.

Samuel Reshevsky derrotando vários mestres do xadrez de uma vez na França, 1920.

A primeira fábrica de automóveis nos Estados Unidos pela (Ford), 1926.

O zepelim Hindenburg pega fogo em 6 de maio de 1937.

Uma mulher judia na Áustria em 1938 sentada em um banco marcado só para os judeus.

Em 22 de julho de 1939, o prefeito LaGuardia jurou em Jane Bolin como a primeira juíza negra nos Estados Unidos.

Um francês chora durante a ocupação nazista em 1940.

Simone Segouin, a lutadora da Resistência Francesa de 18 anos, 1944. Simone é fotografada protegendo-se durante a libertação de Paris.

Em 6 de agosto de 1945, numa segunda-feira, uma nuvem em forma de cogumelo surge no céu do Japão, cerca de alguns momentos depois de uma bomba atômica foi lançada em Hiroshima.

A crescente nuvem em forma de cogumelo sobre Nagasaki, poucos minutos depois da detonação da bomba nuclear, em 9 de agosto de 1945.

Robert Capa fotografa um soldado emergindo das águas no Dia D vivo.

Levantamento da bandeira em Iwo Jima, 1945.

Imperador do Japão Hirohito e General MacArthur se encontrando pela primeira vez. Após a rendição japonesa em 1945.


Na Times Square de Nova York, uma garota enfermeira é beijada por um marinheiro desinibido em comemoração do fim da guerra.

Albert Einstein mostrou a língua quando os fotógrafos pediram que sorrisse pelo aniversário de 72 anos, em 14 de março de 1951.

Albert Einstein estava vestido para a praia quando tirou está foto.

Charlie Chaplin e Albert Einstein.

Marilyn Monroe encontra a Rainha Elizabeth II, 1956.

O primeiro afro-americano a frequentar uma escola primária branca no Sul, 1960.

A única foto conhecida do presidente Kennedy e Marilyn Monroe juntos, 1962.

Malcolm X brincando com Muhammad Ali, Nova York, 1963.

Martin Luther King Jr. e Marlon Brando.

Elizabeth Eckford caminha para Little Rock Central High School enquanto Hazel Bryan está atrás dela gritando no primeiro dia em 1957, foi uma das primeiras estudantes negras a frequentar as aulas na escola secundária, anteriormente totalmente branca.

Muhammad Ali e os The Beatles, 1964.

Bruce Lee na pista de dança.

Pelé com 17 anos na Suécia antes da Copa do Mundo de 1958. Ao lado dele está Zito, coroaram o Brasil pela primeira vez campeão mundial de futebol.

Neil Armstrong fotografou poucos minutos depois de se tornar o primeiro homem a andar na lua, 1969.

Bobby Moore abraça Pelé na final da Copa do Mundo de 1970, onde o Brasil se consagrou tri-campeão mundial.

John Lennon dá um autógrafo para Mark Chapman seu assassino, 1980.

Diego Maradona marca o infame gol da Mão de Deus, 1986.

Queda do Muro de Berlim, novembro de 1989.

Um chinês se posiciona desafiadoramente diante dos tanques na Praça Tiananmen, em junho de 1989.

Primeira foto de celular no mundo. Em 1997, Philippe Kahn o inventor, capturou os primeiros momentos de sua filha, que transformou o mundo.

O momento quando o presidente Bush recebeu as notícias dos ataques de 11 de setembro, foi durante uma visita a uma sala de aula na Flórida.

Fonte: Banco Criar, Olhar Tube 

Consulte estas ofertas só na página HOME.

  Amazon Prime Video
 Anuncie

Postagem em destaque

Um olhar para o místico.

    Um olhar para o místico. O mundo místico é algo fascinante, para quem de algum modo foi arrastado para esse universo inexplicável de mui...

CATEGORIAS

Consulte estas ofertas só na página HOME.

 Anuncie
 Anuncie  Anuncie
 Anuncie